hyperfan  
 

Ultimate Liga da Justiça # 08

Por Igor Appolinário

"Na guerra, qualquer das partes que se chame vencedor, não há ganhadores, mas todos são perdedores."
— Neville Chamberlain

Pedra Fundamental — Parte VIII
De Duelos

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Ultimate Liga da Justiça
:: Outros Títulos

Exosfera — órbita da Terra

Lanterna Verde observa as naves-tanque que sugam as nuvens da atmosfera terrestre.

— Brilhante... — pensa Jordan — As sondas-perfuratrizes foram programadas para atingir o magma subterrâneo abaixo do oceano, fazendo a água evaporar e então ser sugada por essas máquinas. Vocês são inteligentes, mas ainda sim eu sou mais.

Lanterna Verde cria um projétil esmeralda que o envolve e o lança contra uma das naves-tanque. Ele percorre os corredores da nave e encontra uma sala de comando.

— Bem, vamos lá, é muito mais complicado que destruição... — diz Jordan, criando uma interface entre o anel e os computadores. Após alguns minutos, ele consegue dominar a máquina e faz com que o H2O gasoso seja devolvido à atmosfera.

Em outra nave-tanque, Diana enfrenta dúzias de soldados daxamitas usando todas as suas habilidades divinas. Com sua força, ela lança um soldado contra um grupo que avança em sua direção. Ela desvia os raios das armas com seus braceletes de prata e corre velozmente contra um grupo de soldados, fazendos-os perder equilíbrio. Usando a tiara dourada que prende seus cabelos negros como um bumerangue, ela destrói a fonte de luz, deixando o corredor às escuras. Após alguns minutos, todos estão no chão, e ela caminha triunfante para a sala de controle.

Diana, atenção, não é preciso destruir os controles da nave, siga as minhas instruções...

Fundo oceânico — oceano Atlântico

"Eles conseguiram desativar a maioria das perfuratrizes, agora o resto é comigo. Nada vai destruir os reinos de Poseidon!" — pensa Aquaman, nadando velozmente em direção a uma grande perfuratriz que já está bem penetrada na crosta. Ele usa o tridente, mas a falha estrutural está submersa na crosta, inatingível.

"Vou precisar de ajuda." — Aquaman usa suas habilidades psiônicas e chama grandes polvos, que vagarosamente se aproximam da perfuratriz e começam a arrancá-la do solo.

Ix-9 — nave de comando da armada daxamita

— < E quem é você? Deseja morrer como seus amigos...? > (*) — diz Valor, apontando para seus prisioneiros caídos no chão.

Super-Homem faz uma cara intrigada ao ouvir as palavras do inimigo e responde em sua própria língua.

— < Eu sou Kal-El de Krypton, e você está invadindo meu planeta! > (**)

— < Você realmente fala a língua do planeta-pai, o grande colonizador, mas esta é a Terra, kryptoniano. Território de ninguém. Daxam agora é sua dona! >

— < Não! >

Super-Homem parte para cima de Valor, mas o general reage disparando sua arma de raios, que atinge Kal. Ele sente como se todos os seus órgãos estivessem em chamas, seus olhos ardem e agulhas incandescentes atravessam seus músculos.

Ao redor do globo

Washington, Brasília, Ottawa, Madri, Paris, Berlim, Roma. Um raio vermelho percorre as principais capitais do mundo. Em cada gabinete presidencial, uma rápida explicação vinda do velocista Flash. Na Inglaterra, uma parada especial. Em uma grande sala de estilo vitoriano, uma distinta senhora toma chá e olha distraída pela janela.

— Majestade... — diz Flash, surgindo no meio da sala.

— Oh, você é aquele "Flash" que dizem os noticiários! Me disseram que você trabalha pra nós...

— Sim, majestade, eu faço parte do serviço secreto. Estou aqui para acalmá-la quanto à situação atual. Uma liga de heróis está tomando conta do problema...

— < Kryptoniano tolo! > — grita Valor, em meio aos gritos de Super-Homem sob os raios vermelhos — < A energia da estrela vermelha de Daxam drena seus poderes! Assim como nós. >

— < O que você quer com a Terra, desgraçado?! Arrgghhh!!! >

— < Daxam é um planeta muito avançado, mas exaurimos nossos recursos. A Terra tem água de sobra e agora ela será nossa. Assim como fizemos com muitos planetas, tiraremos tudo que precisarmos. >

Valor desliga a arma de raios e Super-Homem fumega no chão da sala de comando, ao lado dos três prisioneiros desacordados.

— < Por que não ocupam um planeta desabitado? Por que destruir vidas? >

— < A energia de Daxam nos prende a ele. Sua estrela amarela é a única coisa que nos impede de definhar. Mas não se preocupe, assim que tirarmos tudo o que precisamos, voltaremos ao nosso lar. >

Super-Homem olha para o general com ódio, impossibilitado de esmagar aquela ameaça. Distraído pela tortura de Kal-El, Valor não percebe o despertar de seus prisioneiros. J'onn usa suas habilidades transmorfas para se livrar das algemas e discretamente liberta Batman e Átomo. Usando seus poderes mentais, ele os oculta e conseguem sair da sala.

"Vamos sair daqui, eu preciso voltar ao computador central..." — diz J'onn, mentalmente, aos dois companheiros.

Exosfera

Seguindo instruções verdes e luminosas, Diana reverte os controles da nave-tanque e parte para os corredores da nave, procurando uma saída. Ao passar por uma porta aberta, algo se lança contra ela, amassando-a contra a carenagem.

— < Quem? > (***)

< Seu sol amarelo me dá poderes incríveis, meu sangue kryptoniano ferve em energia, sua bárbara. > — fala, no idioma daxamita, a comandante Kar-En, segunda-em-comando da armada de Daxam, uma mulher loira usando um apertado uniforme militar. Seus olhos azuis faíscam e um raio de fogo queima o piso ao lado da cabeça de Diana.

— < Eu não sei quem ou o que você é, mas nada pode derrotar a princesa de Themyscira! >

Diana parte para cima de Kar-En e as duas começam uma luta ferrenha pelos corredores da nave-tanque. Com golpes semelhantes a explosões, ambas se defendem e atacam, fazendo seus corpos brilharem. Com um giro, Diana lança Kar-En através porta de contenção, indo para o espaço. Ela parte atrás da oponente, seus braceletes refulgindo as estrelas.

Computador central — Ix-9

— O que você vai fazer, tovarisch? Vai voltar ao seu cativeiro?

"Não, eu ainda tenho uma boa ação a fazer em minha antiga função..."

— Mas o que...

— Fique com ele, Átomo. Eu tenho um plano. — diz Batman, seguindo por um outro corredor.

"Computador central para sistemas de armas, desativação total. Agora!"

Lanterna Verde vasculha a grande nave em busca de soldados. Após checar cada sala, ele planta diversas bombas esmeraldas, que desintegram as naves assim que ele sai. Um balé de explosões das naves-tanque, navetas e mísseis nucleares, contidos em uma bolha esmeralda.

Sala de comando

Valor observa um Super-Homem agonizante. Ele mira sua arma de raios no peito do kryptoniano e pressiona o gatilho. Nada. Mais uma vez e nada. Valor se enfurece e lança a arma longe. Kal percebe a falha e rapidamente agarra Valor, jogando-o no chão. Eles começam a lutar. Super-Homem, ainda debilitado, sofre com os golpes do general.

Batman segue por alguns corredores. Ele decorou o caminho nos mapas da sala de comando, sabe muito bem aonde ir. Ele vira na próxima curva e encontra o que procurava: os sistemas de suporte de Ix-9.

"Vamos ver se eu ainda posso ler isso..." — pensa Batman, mexendo nos comandos de suporte. Após algumas tentativas, ele ouve um alarme que confirma seu intento.

< ...autodestruição iniciada. Ix-9 se autodestruirá dentro de 5 minutos... >


Conclui na próxima edição!


:: Notas do Autor

(*) Traduzido do idioma daxamita. voltar ao texto

(**) Traduzido do kryptonês. voltar ao texto

(***) Traduzido do grego arcaico. voltar ao texto




 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.