hyperfan  
 

Ultimate Liga da Justiça # 11

Por Igor Appolinário

Caçada Estelar — Parte II
Fundações

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Ultimate Liga da Justiça
:: Outros Títulos

Omolu — Território internacional no Atlântico sul

Super-Homem sobrevoa a pequena ilha, observando principalmente a região desmatada onde os outros membros da Liga da Justiça reúnem grandes quantidades de metal. Ele se concentra no metal e usa sua visão de calor para derretê-lo nas formas criadas pelo Lanterna Verde.

— Ótimo, Super-Homem. Agora o supersopro! — grita Batman, coordenando os trabalhos, a partir das plantas desenhados por Jordan.

— Como vamos chamar isso? — pergunta Flash, segurando um pedaço do metal — Daxamitério? Daxamitum? Afinal é o metal das naves deles...

— Prométium. — diz Mulher-Maravilha, carregando sem ajuda o que foi uma das perfuratrizes alienígenas — Uma bela homenagem ao deus Prometeu, que deu a luz do sol aos humanos. Assim como nós pretendemos iluminar a humanidade.

— Muito boa, princesa. Que seja Prométium, então!

— Flash! Pare de brincadeira e vá buscar transformar mais areia em vidro para o revestimento.

— Calma aí, amigo. Nossa, que morceguinho estressado!

Flash parte em supervelocidade para perto da água e começa a friccionar a areia, que vai se transformando em finas placas de vidro. Ao mesmo tempo, Aquaman olha intrigado para uma placa pronta de metal, aparentemente aguardando algo acontecer.

— E então, Átomo? Tudo certo? — diz Orin, entediado.

— Você é muito impaciente, tovarisch! — diz Átomo, crescendo para seu tamanho normal — Mas sim, eu terminei. O metal parecer ser bem consistente apesar de sua leveza e, em uma analise molecular, pude confirmar sua incrível resistência a todo tipo de intempérie. Perfeito!

E no exato local onde está sendo edificada a nova base, J'onn J'onzz usa seus poderes transmorfos e o auxílio do Lanterna Verde para colocar as fundações no lugar.

"Muito bem, Jordan. Agora me passe a viga principal da torre central."

— Certo. — diz o Lanterna, usando o anel para criar uma esteira que traz para perto a grande coluna de metal.

"Devo dizer que sua planta-mestre é magnífica, meu caro. Esta nova base poderá ser um centro de comando e um abrigo para nós nos momentos difícies."

— Sim, a idéia é essa mesmo. Uma base, um abrigo e, principalmente, um local onde possamos nos relacionar, deixarmos de ser estranhos uns aos outros.

"Isso, meu caro, eu não posso garantir..."

Mare Tranquillitatis — superfície da lua

Um enorme rasgo no tecido do universo surge na órbita lunar e uma nave prateada sai dele, pousando na superfície do satélite. Cinco figuras sinistras saem da espaçonave, pisando fundo no solo arenoso.

Vestígios da energia esmeralda na superfície. O anel esteve aqui há pouco tempo.

A análise preliminar indica o planeta mais próximo como origem do sinal do anel.

Vamos recuperar o anel...

Com pequenos jatos nas solas das botas, eles deixam o solo lunar, partindo em direção à Terra.

Reino da Atlântida — Poseidônis — Oceano Atlântico

Vulko, conselheiro e cientista real, trabalha em seu laboratório em um anexo do palácio atlante. Ele mexe em algumas máquinas quebradas, enquanto dezenas de monitores mostram diversas informações sobre o reino. De repente, os alarmes disparam e os monitores todos mostram a mesma imagem: cinco meteoros caindo no mar, próximo a Poseidônis.

"Impossível!" — pensa Vulko, enquanto tenta alçancar um aparelho de comunicação.

— Majestade!! — grita ele pelo comunicador para Orin — Cinco meteoros caíram no mar próximo à capital e agora... Poseidon não permita que sejam eles novamente! Eles estão caminhando no fundo do mar em vossa direção.

Omolu

— Uma emergência. — diz Orin aos outros integrantes — Meu conselheiro acaba de me avisar que cinco corpos estranhos caíram no mar e estão vindo para cá agora.

— Seriam eles novamente...? — pergunta Diana, apreensiva.

— Não seria possível, creio que fomos bem claros. — diz Batman.

— Eu vou verificar. Mantenham os comunicadores ligados.

Aquaman mergulha no mar e os outros integrantes da Liga aguardam ansiosos. Minutos depois, o corpo de Orin dispara da água e cai aos pés da Liga.

Base dos Lanternas Verdes

Um homem de pele magenta usando o uniforme da Tropa caminha por um grande corredor de paredes verdes. Ele entra em uma grande câmara e encara dezenas de figuras escondidas nas sombras.

— Senhores, tenho informações de nossos agentes de campo de que o anel de Abin Sur foi encontrado. Ele aparentemente está em poder de um humano.

— Pois bem. — dizem todas as vozes em uníssono — Que os Caçadores retirem o anel do cadáver do humano.

Omolu

Rasputin se abaixa sobre o corpo de Aquaman e tenta escutar sua respiração, encontrando um sinal muito fraco.

— Ele está vivo, mas não sei se vai se recuperar logo.

— O que diabos fez isso!? — pergunta Barry, olhando espantado para o monarca atlante nocauteado.

De repente, caminhando lentamente de dentro do mar, surgem cinco robôs que param logo em frente à Liga da Justiça.

Terráqueos, somos os Caçadores de Oa. Não obstruam o caminho. Terráqueo portador do anel energético de Abin Sur, devolva o objeto ou morra...


Continua!




 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.