hyperfan  
 

Ultimate Liga da Justiça # 12

Por Igor Appolinário

Caçada Estelar — Parte III
Campo de Batalha: Terra

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Ultimate Liga da Justiça
:: Outros Títulos

Omolu — Atlântico Sul — Terra — Setor 2814

Entregue o anel energético, terráqueo!

Os cinco grandes robôs Caçadores estão parados à beira-mar encarando uma Liga da Justiça perplexa. (*)

— Vocês não têm o direito de levar esse anel, eu o ganhei! — grita Jordan.

Humano tolo, esse anel pertence à Tropa dos Lanternas Verdes, e nós viemos buscá-lo.

— Primeiro, vocês vão precisar passar por nós. — diz Super-Homem, ladeado pelos outros integrantes da Liga.

Oa — Setor 0

O ser humanóide de pele magenta assiste ao que acontece na Terra em grandes telas de cristal. Ele parece interessado na cena, mas sua observação é interrompida por um chamado brusco.

Capitão! Compareça à câmara esmeralda! Não estamos nada contentes com a sua atuação. Venha imediatamente...

O capitão olha sinistramente para as grandes portas esverdeadas ao fim do longo corredor, seu anel energético brilha intensamente.

Omolu

Super-Homem e um dos Caçadores avançam em grande velocidade um contra o outro. Antes do inevitável choque, eles atingem a velocidade de mach-3, causando estrondos pavorosos.

Mulher-Maravilha se atraca com outro Caçador, seus socos e chutes reverberam por toda a mata da ilha.

O terceiro e quarto robôs Caçadores se separam da formação e atacam Flash, Batman, J'onn e Átomo. Os seis também se embrenham na mata e os heróis usam suas habilidades em conjunto para desviar dos ataques energéticos dos robôs.

O quinto Caçador, aparentemente o líder do grupo, avança sobre Lanterna Verde, apontando em sua direção um bastão de metal que libera uma chama de fótons. Um grande escudo esmeralda apara o raio e rapidamente se transforma em um aríete, prensando o Caçador contra uma árvore.

Em meio à confusão, Orin desperta com os estrondos e se arrasta em direção ao mar. Com um golpe de água gelada, seu corpo se recupera do choque e começa a se restaurar. Agora atento à situação na porção de terra logo acima, Aquaman se concentra e usa seu dom para evocar as criaturas das profundezas.

Oa

O capitão sai da câmara esmeralda caminhando calmamente, as grandes portas esmeraldas fechando atrás de si. Enquanto caminha pelo corredor de volta para sua sala, é abordado por outros membros da Tropa, ávidos por informações.

— Eu trago ordens dos Guardiões. — diz o capitão, calma, mas firmemente — Todos devem retornar aos seus setores e aguardarem ordens posteriores. Devemos nos preparar para o possível ataque de um rebelde que se apossou de um anel energético.

— Mas como isso é possível? — diz um jovem recruta, um ser polvóide de cor alaranjada — Nossos anéis são protegidos contra...

— Nós cremos — corta secamente o capitão — que o rebelde matou o Lanterna do setor 2814.

— Abin Sur... — murmura uma Lanterna de pele azulada, com pesar na voz.

— Sim, meus caros. Vamos fazer justiça à morte violenta de um dos nossos.

Omolu

Super-Homem avança mais uma vez contra o Caçador, já debilitado e com placas de metal soltando-se de sua estrutura. Kal-El concentra sua visão de calor em um ponto frágil e avança em velocidade crescente, fazendo a mecânica interna do robô se fundir e bloquear os movimentos, tornando-o uma pedra voadora a uma velocidade de mach-3. O impacto do Super-Homem com o robô cria um estrondo gigantesco e uma chuva de metal.

Diana pára golpe após golpe do Caçador, analisando friamente seu estilo de luta. Quando os dois se encontram fundo na floresta, a Mulher-Maravilha salta sobre o oponente e aplica um chute pelas costas que o faz cair de frente no chão de terra. O robô, surpreendido pelo golpe, demora alguns segundos para tentar se levantar, mas é tempo suficiente para que Diana lance sobre ele uma grande árvore, fazendo-o afundar ainda mais no solo.

J'onn e Batman se esquivam dos golpes do robô, tentado descobrir alguma fraqueza. O marciano usa seus poderes transmorfos, mas o robô resiste aos seus ataques. Batman utiliza alguns dos apetrechos do seu cinto de utilidades, mas nada parece impedir o avanço do Caçador. Ele planta algumas pequenas cargas sob uma árvore e espera que J'onn se aproxime com o inimigo. Quando os dois oponentes ficam na posição exata, Batman detona as cargas, fazendo o tronco cair com estrondo sobre eles. Em uma forma quase líquida, J'onn sai de baixo do tronco e acena para o morcego.

Mulher-Maravilha cruza com os dois heróis, com o inimigo logo atrás dela. Quando J'onn e Batman fazem menção de ajudá-la, seu próprio robô se livra do tronco de árvore e parte para cima deles. Diana e J'onn usam sua força física para lançar os dois robôs já avariados na praia. Um grande tentáculo sai da água e começa a atingir os dois autômatos com violência. Rei Orin sai das águas, e com ele outros tentáculos, que começam a despedaçar as máquinas.

— Sintam a fúria dos guardiões de Poseidônis! — grita o rei Orin.

Flash e Átomo trabalham contra o quarto Caçador. Palmovitch se miniaturiza e, cavalgando os fótons, parte contra a estrutura do robô. Em uma fração de segundo, Flash atinge diversos pontos da armadura do adversário, mas não conseguindo algum dano real contra a estrutura. Ele se esquiva dos ataques e cria um redemoinho de areia que soterra parcialmente o Caçador. Dentro da armadura, Palmovitch explora as peças das engrenagens de funcionamento, mas não consegue encontrar nenhum ponto fraco. Descendo até a região onde em um ser humano ficaria o coração, ele se depara com uma espécie de fornalha atômica, movida a energia nuclear. Com muito cuidado, Átomo desconecta alguns dos cabos de fornecimento de energia. Na floresta, Flash esquiva-se de mais um raio de energia e é surpreendido por um soco da máquina. Caído no matagal, ele vê o Caçador livrar-se da areia e aproximar-se lentamente, mas, de repente, parar e ficar imóvel, a luz vermelha dos olhos apagando lentamente.

Lanterna Verde apara outro golpe do líder Caçador e usa armas laser esmeraldas contra ele. O robô suporta os tiros com apenas alguns arranhões na armadura e parte para cima de Jordan.

Este anel pertence à Tropa dos Lanternas Verdes, verme terráqueo!

Não! — Jordan cria uma caixa esmeralda em torno do Caçador e faz com que as paredes lentamente se fechem, prensando o robô dentro dela. O Caçador luta contra o construto, forçando as paredes, que se racham lentamente. Lanterna Verde força o anel e o campo energético do construto se intensifica, finalmente esmagando o Caçador.

Jordan lança os restos do robô junto aos outros destroços e olha para seus companheiros de equipe, exaustos e levemente feridos, ficando furioso.

— Isso não pode ficar assim!

— Do que você está falando, Lanterna Verde? — pergunta Batman, em seu tom soturno habitual.

— Pense bem, Batman. Esses robôs dizem ser agentes da Tropa dos Lanternas, a mesma organização que Abin Sur disse fazer parte. Isso não é coincidência. Eles vão retornar e com certeza em maior número...

— Mas o que exatamente você pretende fazer? — pergunta Super-Homem, retirando estilhaços de metal do uniforme.

— Nós temos que atacar diretamente a fonte. Vamos até a base da Tropa e falar com quem estiver no comando. Eu recebi esse anel por direito (**), e nada vai tirá-lo de mim...

— E como você pretende chegar nessa tal base, tovarisch? — pergunta Átomo, retornando ao seu tamanho natural — Nós nem sabemos onde ela fica, muito menos temos os meios para atingí-la...

— Não temos ainda... eu sei onde podemos conseguir uma "carona". O anel detectou uma presença na superfície da lua...

Super-Homem e Caçador Marciano partem para a exosfera de imediato. Jordan cria um foguete esmeralda e parte com o resto da equipe. Na região lunar de mare tranquillitatis, a Liga aterrissa e encontra a nave de batalha dos Caçadores. Com pouco esforço, Jordan abre a nave e a Liga parte rumo ao desconhecido.


Continua...


:: Notas do Autor

(*) Confira a edição anterior. voltar ao texto

(**) Em Ultimate Liga da Justiça # 01. voltar ao texto



 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.