hyperfan  
 

X-Men # 10

Por Eduardo Sales Filho

Na última edição: Os X-Men invadem a base de Apocalipse no Egito, mas o vilão consegue escapar antes de ser capturado.

O Príncipe dos Ladrões

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a X-Men
::
Outros Títulos

Nova Orleans

Em um beco escuro localizado nos fundos do famoso restaurante K-Pauls, dois x-men conversam.

— Tem certeza que ele vai nos encontrar aqui, Ororo?

— Não se preocupe, Sean. Gambit vai vir. — a líder dos X-Men disfarça sua preocupação, mas receia que Remy Le Beau não apareça.

— Ainda não sei por que nós precisamos do Gambit, afinal foi ele quem quis ir embora.

— Remy deve ter tido seus motivos para deixar a mansão X. Além do mais, se vamos enfrentar Sinistro, toda ajuda será bem vinda.

— Ainda mais de alguém que o conhece tão bem. (*)

— Esse comentário soaria maldoso mesmo que viesse do Logan. De você, então...

— Escuta, Ororo. Não tenho nada contra Gambit, mas não me sentiria à vontade em invadir a base do Sinistro tendo um de seus antigos empregados ao meu lado.

— Neste caso, mon ami, talvez eu deva ir embora. — Remy Le Beau surge por detrás dos caixotes abandonados no beco onde Ororo e Sean aguardavam.

— Remy, que bom te ver.

— Aparentemente este não é um sentimento compartilhado por todos os presentes.

— Gambit, perdoe-me pelas minhas palavras de desconfiança, mas os tempos estão duros para os mutantes, não está fácil confiar em alguém...

— Não se preocupe, mon ami. Conheço meus pecados e sei que pagarei por eles enquanto viver. Mas vamos mudar de assunto. — o mutante abre um sorriso — O que vocês vieram fazer em Nova Orleans afinal de contas? Aposto que não estão aqui apenas para comer jambalayas (**) e ouvir jazz.

Os três mutantes saem do beco enquanto Tempestade explica ao amigo sobre a mudança de postura dos X-Men. Gambit parece surpreso, ele esperaria este tipo de atitude vinda de Cable e sua X-Force, mas nunca de Ororo.

Banshee abre a porta do BMW azul-marinho em que ele e Tempestade chegaram. É seguido por Ororo e Gambit.

— ...Então isso nos traz até aqui. Precisamos de você para achar Sinistro, Remy. — Tempestade finaliza.

— Não seria mais fácil localizá-lo através do Cérebro?

— Com Jean e o Professor Xavier no espaço e a morte de Psylocke, ficamos com uma certa falta de telepatas nos X-Men. Então, você pode nos ajudar?

Oui. Sean, pare o carro naquela esquina, eu fico aqui.

— O que você vai fazer?

— Vocês querem pegar Sinistro, correto, Tempestinha? Então eu preciso descobrir onde ele está.

— Tudo bem. Nos encontre no Gulf Cows Hotel hoje à noite.

— Estarei lá.

— E, Gambit...

Oui?

— Não me chame de Tempestinha!

O mutante de olhos vermelhos sorri para sua amiga e desaparece em meio às pessoas que andam pelas ruas da movimentada Nova Orleans. Com a proximidade do Mardi Gras, a cidade fervilha de visitantes e oportunidades.

Mansão X

Cable está no hangar subterrâneo preparando Pássaro Negro, o jato dos X-Men, para sua nova missão. Ele não se distrai quando o Arcanjo aparece furtivamente ao seu lado.

— Algum problema, Warren?

— Ororo ligou. Eles conseguiram entrar em contato com Gambit.

— E?

— Remy vai encontrá-los novamente hoje à noite com a localização da base de Sinistro.

— Então precisamos estar prontos para sair a qualquer momento.

— Exato. Já avisei os demais, eles estão prontos. Vim apenas conferir o andamento dos consertos no Pássaro Negro.

— Poderemos partir em aproximadamente trinta minutos.

— Avisarei aos outros, então.

— Faça isso.

Mesmo com a conversa encerrada, Warren não sai do hangar. Cable ignora seu colega até o mutante alado não agüentar mais.

— Cable, você perdeu sua mulher, não foi?

— Isso já faz muito tempo. Tempo demais para querer falar sobre o assunto.

— Desculpe, é que.... por acaso você mudou depois da morte dela?

Percebendo que não conseguirá continuar seu trabalho até responder às dúvidas do Arcanjo, Cable coloca as ferramentas de lado e se dirige para o amigo.

— Sim. Eu mudei. É impossível passar por uma coisa dessas sem mudar. Tornei-me mais amargo, mais frio. Senti ódio de muita gente por muito tempo. Ainda sinto saudades dela até hoje e penso em como minha vida seria diferente se estivéssemos juntos. Era isso que você queria saber?

— Sim. Não! Por acaso você passou por algum tipo de mudança... física?

— Mudança física? Do que você está falando? Está acontecendo algo de estranho com você?

— Não é nada. Deixa pra lá. Temos que nos preparar para sair.

— Warren! Espere um pouco!

Arcanjo abre suas longas asas e voa para longe o mais rápido possível, deixando para trás um preocupado Cable.

"Essa nossa conversa ainda não acabou, Warren." — pensa — "Tem alguma coisa errada com você, e eu vou descobrir o que é."

Nova Orleans

Banshee e Tempestade conversam na varanda do hotel quando Gambit chega por trás deles. Sean Cassidy se assusta e por pouco não dispara seu grito sônico contra Remy.

— Gambit? Diabos, eu quase ataquei você.

— Que tipo de ladrão eu seria se não fosse capaz de me aproximar furtivamente? — Remy sorri. Seus olhos vermelhos brilham na escuridão da noite — Sabiam que foi neste hotel que Tennessee Williams escreveu 'Um Bonde Chamado Desejo'?

— Aposto que você diz isso sobre todos os hotéis da cidade. — Tempestade sorri, mas fica taciturna logo em seguida — Descobriu a localização de Sinistro?

Oui, Ororo. — o mutante entrega um pedaço de papel para sua companheira — Mas temos de atacar hoje. Sinistro não costuma ficar muito tempo no mesmo lugar.

— "Temos"? — surpreende-se Banshee — Isso quer dizer que você vem conosco?

— É claro. Quando os amigos vêm nos visitar, o mínimo que posso fazer é mostrar a cidade, n´est ce pas?

Banshee sorri amarelo. Ele não confia em Gambit e não está gostando do que virá a seguir.


A seguir: Os X-Men invadem a base de Sinistro e encontram os Carrascos! "Ué, mas estes caras não estavam mortos?" Eles ainda estão.


:: Notas do Autor

(*) Banshee está se referindo ao Julgamento de Gambit, arco publicado pela Editora Abril na revista Fabulosos X-Men. Nesta história ficava claro o envolvimento entre Gambit e o vilão Sinistro. voltar ao texto

(**) Jambalaya é uma comida típica de Nova Orleans, uma iguaria cajun bem apimentada. voltar ao texto



 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.