hyperfan  
 

Flash # 01

Por Rodrigo 'Camatz' Nunes

Presentes, Velocidade e Outras Coisas Mais

:: Sobre o Autor

:: Próxima Edição
:: Voltar a Flash
::
Outros Títulos

Meu nome é Wally West. Wallace West, mas pode me chamar de Wally. Sou o Flash, o homem mais rápido do mundo. E hoje é o meu aniversário.

Depois de rodar minha cidade, Keystone City, duas vezes, só achei uma tentativa de assalto, que logo impedi.

Não vejo a hora de chegar em casa, tomar um banho quente e relaxar... Quando abro a porta, dezenas de pessoas, em uma só voz, gritam:

— FELIZ ANIVERSÁRIO, WALLYYYYYY!!!!!

Sabe, é muito bom ter amigos.

Estão todos lá. Dick Grayson, o Asa Noturna, é meu melhor amigo. Ele quem deve ter organizado a festa junto com Donna Troy, a antiga Moça-Maravilha. É impossível olhar para eles e não lembrar dos tempos da Turma Titã.

Todos os velocistas também estão. Menos o Mercúrio. Ainda bem! Além de arrogante, ele ainda ficou morrendo de raiva quando não conseguiu alcançar nem o Impulso — um parente meu que veio do futuro e que é muito... impulsivo!

Ei! O Tocha Humana está chateando o Impulso... Isso não vai dar certo. Às vezes, não sei quem é o mais infantil dos dois.

De todos os presentes, que abro em 7 segundos porque parei para comer um pedaço de bolo, o que eu mais gostei foi uma espada. Quem me deu foi meu amigo Noturno, um mutante. Coitado. Eu, bonito, famoso e querido por todos, reclamo de minha vida, imagine ele, incompreendido por sua aparência...

Hummm... Convidaram o Estrela Polar. Ele está conversando com o Flautista, um ex-vilão homossexual, há um bom tempo. Tomara que dê tudo certo entre eles.

Estão todos aqui: meus companheiros dos Titãs, antigos parceiros de aventuras, pessoas sem superpoderes, antigos vilões, atuais amigos, etc. Até os demais membros da Liga, que não puderam vir, mandaram lembranças! Menos o Batman, claro. Ele não gosta disso.

Quando começo a sentir a falta de uma pessoa, percebo que não conheço um dos convidados. Ou melhor, conheço mas não me lembro quem é. Minha memória só funciona quando ele pega um aparelho parecido com um controle remoto, aponta para mim e tudo começa a brilhar.

Todos na casa sofrem um choque. Depois da descarga elétrica por nosso corpo, olhamos para aquele homem estranho, que grita:

— HAHAHAHAHAHHA!!! Agora todos vocês estão com supervelocidade, menos o Flash!!! HAHHAHAHAHA!!! Sofrerão a ira do Tartaruga, o homem mais lento do mundo!!! Finalmente minha inteligência vai ser notícia!!!

Todos olhamos para aquele sujeito, e... começamos a rir!! O que um nanico careca e feio como aquele, numa cadeira de rodas meio futurista, que se dizia ser o homem mais lerdo do mundo poderia fazer contra a gente, uma bando de super-heróis? Nos dar mais poderes???

Mas aí começo a ver o que ele causou. Todos os velocistas, devido à alta velocidade e à vibração de suas moléculas, ficam intangíveis.

Quando tentam pegar o vilão, os desacostumados com a velocidade, como o Asa Noturna e Donna Troy, se chocam. Alguns até quebram braços e pernas. Noturno se teleporta seguidas vezes, logo desmaiando. O Tocha também tenta imobilizar o Tartaruga mas, como um foguete em chamas, só consegue causar um incêndio. Graças a Deus, Chunk, um velho e obeso amigo que tem o poder de teleporte entre dimensões e nenhum controle dele, acaba mandando o fogo para outro lugar.
O Homem-Borracha dá voltas em seu próprio corpo, tornando-se cada vez mais fino e sem consistência.

Eu só posso presenciar tudo aquilo. Só vejo flashes dos novos velocistas, pois perdi meus poderes. O que será de nós?

— HAHAHHAHAH! Eu venci! — Diz o Cágado, quero dizer, Tartaruga. — Eu vou dominar o mundo. Eu vou...

SOC

Eu lhe dou um soco. Acho que nenhum de nós havia pensado nisso antes. Eu estava normal, mas ainda era capaz de dar um soco. E o Tartaruga cai desmaiado.

Aperto o botão novamente e tudo volta ao normal.

Os estragos são compensados com muita cerveja, bolo e refrigerante para o Impulso. Claro que o Bart logo resolve se vingar de uma brincadeira do Tocha e ambos queimam minha poltrona preferida. Mas isso fica para outro dia.

6 Horas Depois

O Asa, o último convidado, acaba de sair.

Estavam todos aqui: meus companheiros dos Titãs, antigos parceiros de aventuras, pessoas sem superpoderes, antigos vilões, atuais amigos, etc. Até os demais membros da Liga, que não puderam vir, mandaram lembranças! Menos o Batman, claro. Ele não gosta disso.

Foi quando eu percebi a falta de uma pessoa. Eu sento no que sobrou de minha poltrona, coloco a mão no rosto e começo a chorar.

Linda, minha Linda, meu amor, minha namorada, não havia estado na festa. Isso não seria motivo para chorar, se minha intuição não me dissesse que tudo entre nós havia acabado...

:: Notas do Autor



 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.