hyperfan  
 

Lanterna Verde # 03

Por Josa Jr.

Eu, Eu Mesmo e Hal Jordan

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Lanterna Verde
::
Outros Títulos

"Os dias se passam. O treinamento foi duro, mas agradável. Hal é um grande homem, um grande professor. Em todo o tempo que passamos em Coast City, ele ensinou tudo o que pôde, sempre paciente e objetivo. Em nenhum momento conversamos sobre o passado... Sobre Parallax. Achei melhor não tocar neste assunto.

Como eu disse, os dias passaram e não havia mais nada que eu pudesse aprender com ele — ao menos foi o que ele me disse... Na verdade, ele não me ensinou muito que eu não soubesse, apenas alguns truques novos, mas me fez ter mais confiança e força de vontade com histórias da antiga Tropa dos Lanternas. Os caras faziam coisas que jamais imaginaria sozinho, eu acho.

Voltamos para Nova Iorque ontem. Hal preferiu se reintegrar à espécie humana, mas iria se afastar da Costa Oeste por enquanto. Ainda não sei porque, e é melhor também não tocar neste assunto...
Hoje cedo, fomos tomar café no Radu."

— Acho que você devia ligar para aquele emprego. Eles não vão deixar de te aceitar de volta só porque está andando comigo, ou irão?

— Que emprego? Ultimamente, tá complicado para um artista arrumar trabalho. Ei, Radu! Dois capuccinos, por favor.

— Aquele seu antigo emprego... porque não *liga* para eles?

— Ah! Hã... preciso fazer isso mesmo. Mas acho que me substituíram por um certo doutor... ou por uma gata afro.

— Melhor checar isso. Obrigado, hã... Radu?

— Sim. E você? É amigo de Kyle?

— Ele é meu tio, o tio Hal.

— Prazer em conhecê-lo, Hal.

— Igualmente, Radu.

"Radu foi meu primeiro amigo que tive assim que cheguei a Nova Iorque. E foi meu primeiro empregador também. Foi legal ele ter me chamado pra desenhar um novo logotipo para seu café. É chato ter que esconder dele que sou o Lanterna Verde, mas é melhor ter privacidade nesse ramo. Quando ele se afasta para servir outro cliente, eu e Hal voltamos a conversar."

— "Tio Hal"?

— O segundo Flash era tio do terceiro, não?

— Hmpft. Mas você devia conversar com a Liga. Talvez a presença de um Lanterna Verde tivesse impedido a tragédia na Rússia.

— Talvez... Mas vou ter que pensar num emprego nromal, de qualquer jeito.

— Já deu uma olhada neste jornal?

— Na seção de classificados? Já, eu tava...

— Não, esta seção de tiras. Você podia fazer tiras, ou sei lá... desenhar histórias de heróis.

— Eu sempre preferi de piratas...

— Você que sabe, mas veja como Steve Rogers fez fama com seu Capitão América. E para você, é mais fácil, pois você é do meio...

— Vou pensar nisso. É uma boa idéia. Olha! Show do U2 daqui a alguns dias. A gente podia ir lá, deve estar cheio de gatas... Hã, quer dizer, você era... é... casado?

— Não...

— Mas, bom... Devia ter alguém... Putz, desculpa... Esqueci que sua cidade foi destruída...

— Tudo bem. Ela está viva.

"Melhor não tocar neste assunto. Mas acho que vou nesse show, de qualquer forma. Continuo a folhear o jornal e paro em um editorial condenando o Homem-Aranha."

— Ah, claro... Só podia ser o Clarim.

— Estão condenando o Aranha? Certas coisas nunca vão mudar...

— Pois é. Estão falando que ele anda roubando museus e exposições de arte aqui em Nova Iorque.

— Bom, eu vi no site do Vic Sage que alguns Vingadores e Titãs foram vistos em situações parecidas. Só que os Vingadores estão desaparecidos.*

— Então, acho que vou investigar isso hoje à noite... Vai ser bom um pouco de ação depois de tanto tempo.

"Kyle já saiu. Infelizmente, nossa conversa de hoje cedo trouxe certas lembranças. Talvez eu devesse voltar para Coast City. Mas havia a tentação de ter aqueles poderes de volta, e eu não quero cair outra vez. Ligo o computador de Kyle e me deparo com um poster de Jade como papel de parede. Belas pernas. Hmmm... Talvez ele esteja passando por algo parecido com o que estou passando agora. Acho que vou conversar com ele sobre esse assunto... Entro no WWWSearch, um site de busca, e procuro um certo nome."

"Carol Ferris"

"Falei com o Homem-Aranha e ele está investigando o acervo da Universidade. Alguns Titãs estão investigando outros museus e exposições da cidade. Todos eles estão cuidando há alguns dias desse assunto, mas até agora não deram sorte. Duvido que eu consiga alguma coisa aqui na exposição que Alícia Masters está promovendo no Warrior's. Mas, por via das dúvidas, vou ficar um tempo aqui. Quem sabe nosso misterioso ladrão não é a Mulher-Gato? Eu adoraria se fosse."

Felizmente, o dono do Warrior's é Guy Gardner, um ex-Lanterna Verde. Acho que Guy está em missão e não pôde cuidar de seu bar**. Como ele vai com a minha cara, os vigias daqui me deixaram se esconder em uma das salas da exposição. De tempos em tempos, peço para meu anel varrer o prédio à procura de alguma nova presença."

1:05 AM
((Três humanos — Setor 2814))

1:56 AM
((Três humanos — Setor 2814))

2:42 AM
((Três humanos — Setor 2814))

3:27 AM
((Quatro humanos — Setor 2814))

"Hmm... Melhor investigar. Parece que o visitante inesperado está realmente aqui. Vôo até lá e vejo um vulto com as mãos numa estatueta do Hulk. Pelo que li no folheto da exibição, essa peça é valiosa por causa das pequenas esmeraldas nos olhos do monstrengo. Me aproximo lentamente do bandido e, com uma mão verde, cutuco seu ombro. Está escuro, não consigo reconhecê-lo."

— Cara, é melhor você deixar o Hulk aí e vir comigo.

— Cara, é melhor você deixar o Hulk aí e vir comigo.

— Hã? Você tem a minha cara?

"O ladrão... Sou eu? Que divertido, só me faltava essa..."

— Vejamos... Clone? Transmorfo? Versão paralela? Versão do futuro, com problemas de grana?

— Nenhuma das anteriores, xará.

— Então tá complicado.

"Na escuridão, a única coisa que chama a atenção é o anel pulsando em sua mão esquerda. Resolvo checar se é verdadeiro. Disparo uma rajada óptica de um Ciclope que criei com meu anel. O outro Lanterna faz a mesma coisa, mas o raio que disparei chega perto dele, e volta em minha direção, me pegando de surpresa."

— Argh... como você fez... isso?

— Talvez minha força de vontade seja maior que a sua, babaca!

"Ainda tento disparar alguns tiros, mas tudo que faço se volta contra mim, ou se desvia do falso Lanterna. Ele sempre imita meus movimentos, como se soubesse de antemão os meus pensamentos. Ei! Talvez ele seja um daqueles marcianos brancos, telepatas e transmorfos. E vulneráveis ao fogo!"

— Toma isso, alien!

"Achei que uma rajada da chama verde fosse intimidá-lo, mas não aconteceu como esperado. Apenas iluminei a sala e pude ver o farsante sorrindo feito um sacana."

— Hahahahaha... Alien? Você é idiota?

"Com a sala iluminada, finalmente reparo num pequeno detalhe no uniforme dele... Caramba, acho que matei a charada! Como não notei isso antes? Lanço mais uma rajada pelo anel, que o bandido reflete e me atinge, me mandando para bem longe."

— MERDAAAAAAAAAAAAAAAAaaaaaaaaaaaaaaaaa...

— Que burrão. Não aprendeu mesmo. Melhor correr antes que ele volte.

Apartamento de Kyle Rayner

— Alô?

— Jordan...

— Para me ligar esta hora... só você, Bruce.

— Muito perspicaz. Estou monitorando você, Jordan. Ainda não tomei medidas mais fortes por respeito a Kyle, que parece confiar em você. O rapaz é bom, mas não sei se sua influência...

— Você deveria se preocupar com coisas mais importantes que um cara comum. Como vai o Vandal Savage? Estão esperando ele destruir mais uma cidade***? Quem sabe você comece a me entender se ele disparar um de seus mísseis contra Gotham...

— Cale-se! Você não é o "cara comum" que finge ser, Jordan. Você já teve poderes de um deus.

— Mas não os tenho mais. E se tem problemas com seres divinos, deveria se preocupar com aqueles malucos de Gateway****, não comigo.

— Eles caminham pela Terra há milênios e nunca causaram tantos problemas quanto você. E por mais que teimem em afirmar sua divindade, mesmo que não admitam, eles jamais perderam sua humanidade. Eles são mais humanos do que você foi como Parallax. Pense nisso.

— ...

— A propósito. Carol Ferris fez a sede de suas empresas em Los Angeles. O telefone do escritório é 555-9094.

— Como...?

— WWWSearch. Wayne World Web Search. Talvez assim você recupere sua porção humana. Ainda estarei te monitorando, Hal. Adeus. *click*

— Carol... Hã? Alô? Diabos! Odeio quando ele faz isso!

A Seguir: Depois de muitos anos sem nada parecido, mais um confronto Hal Jordan x Carol Ferris! E quem é o terrível Clone Gêmeo Maligno Misterioso™ do Lanterna Verde? Participação especial da Sensacional Mulher-Hulk! (ou algo parecido)

:: Notas do Autor

* Ver edições recentes de Vingadores
** Ver edições recentes de The Clash
*** Ver edições recentes de LJA
****Ver edições recentes de Mulher-Maravilha... que coisa repetitiva, hein?



 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.