hyperfan  
 

Lanterna Verde # 15

Por Igor Appolinário

Entorno de Nova Oa

Cruzando a imensidão negra do espaço, Guy Gardner foca sua concentração para manter o casulo de energia amarela que o protege do frio espacial.

<< Tempo de chegada a Nova Oa estimado em 30 minutos. >>

Guy se concentra e acelera sua viagem, mas de repente, é atingido por um disparo de grande potência. Ele pára em meio ao nada e olha para os lados, procurando o agressor, porém está sozinho. Novamente um disparo o atinge pelas costas, deixando-o tonto. Ele cria uma onda energética em torno de si, atingindo algo até então invisível.

A camuflagem de uma pequena nave korugariana de guerra se desfaz com o choque e Sinestro ataca abertamente Guy Gardner.

— Este anel é meu, Gardner! Me devolva!

Guy tenta atacar a nave, mas seus disparos desviam dela. Sinestro usa toda a usa força de vontade para tomar controle do anel amarelo. A energia do anel oscila entre o terráqueo e o korugariano, porém Sinestro leva a melhor quando o anel abandona Guy e rompe o casco da nave, se encaixando no dedo dele e o envolvendo na energia amarela.

— Adeus, perdedor. — diz Sinestro, partindo e deixando Gardner à mercê do espaço frio.

A Nova Tropa do Imperador — Parte V
Fênix Renascida

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Lanterna Verde
:: Outros Títulos

Palácio Esmeralda — Nova Oa

Kyle está caído no chão, tendo Jordan com um pé contra seu peito e apontando o anel para seu rosto. Seu próprio anel brilha fracamente na mão direita e ele pode ouvir os barulhos de batalha em torno deles.

— Renda-se agora. Você e os outros rebeldes serão presos, mas permanecerão vivos — diz Jordan, seus olhos brilhando com uma luz avermelhada.

— Eu nunca me renderei a você! — diz Kyle, cuspindo seu próprio sangue na bota de Hal — Você enlouqueceu de novo! O que vai fazer, só nos prender? Nos matar e dominar o Universo!? Esse poder não foi lhe dado para isso!!

Sim! Eu recebi esse poder para proteger o Universo, e isso é o que eu vou fazer, queiram ou não!

Jordan dá um disparo com seu anel, mas Kyle é mais rápido e se esquiva, criando uma bolha esmeralda que afasta Hal. Ele se concentra para manter a bolha, enquanto Hal usa todo o seu poder para rompê-la.

— A minha salvaguarda ainda é forte contra você, Hal.

Merayn Dethalis cria diversas correntes esmeraldas que prendem um recruta Linguafoeda acherosis. A criatura se debate, mas não consegue debelar as amarras. Ferrin Collos e Furtiva lutam contra In-Magg e Fah’Zur, um protegendo as costas do outro, enquanto John se digladia com GullaH, um grande guerreiro de fogo da Nebulosa do Caranguejo, recentemente apontado para o Conselho.

Desistam, vocês não podem vencer a vontade do Guardião! — grita o guerreiro com seus poderosos pulmões. Seu corpo chamejante de mais de três metros de altura, pisando no solo novaoano como meteoros atingindo a crosta.

Eles lutam em uma praça no centro de Nova Oa, derrubando pequenos prédios e fontes. GullaH ataca Stewart com disparos do anel e bolas de fogo produzidas pelo seu corpo ao mesmo tempo, enquanto John apenas se defende, pensando em como se livrar daquela situação.

— Vocês têm que entender — começa John, tentando racionalizar com os atacantes — Nós só queremos garantir que nada saia do controle. Hal tem um histórico problemático e não podemos ignorar isso.

— Isso é uma tentativa de golpe! — grita In-Magg que luta logo ao lado, enquanto Fah’Zur cria uma grande ave predatória que parte para cima de Ferrin.

— Não! — grita Merayn — Nós somos fiéis ao ideal dos Lanternas Verdes e... John!!

Stewart se impulsiona sobre GullaH, jogando-se junto ao gigante de fogo para dentro de uma das fontes. O gigante faz a água ferver quase que instantaneamente e John cai para fora da fonte, ferido por causa do intenso calor.

Korugar — Novo Setor Espacial 001

Pesadas barras de metal são fechadas e trancas postas no lugar. Soranik Natu encosta-se a um canto e choraminga baixinho. Do outro lado das grades um alto e corpulento oficial korugariano a observa com certo asco.

— Você se vendeu, dra. Natu. Agora agüente as conseqüências dos seus atos.

Ele me enganou! — grita a prisioneira olhando seu carcereiro com os olhos brilhando de lágrimas e raiva — Eu fui ludibriada por um dos maiores criminosos de nossa raça! Isso é tão terrível assim?

— Deixe de reclamar, mulher, e contente-se por não ter sido executada.

O oficial dá as costas para a cela e começa a procurar um cigarro nos bolsos do uniforme. De repente mãos femininas atravessam as grades e se colocam sobre o seu peito, delicadamente.

— Está tentando me comprar com manobras sexuais, doutora? Saiba que posso muito bem me aproveitar de você e deixá-la apodrec... argh!

As mãos da mulher pressionam seu pescoço em pontos estratégicos e ele desaba em frente à cela, sem respiração.

— Nunca brinque com uma fisiologista especializada em reconstrução de nervos, seu verme.

Soranik pega as chaves do oficial e abre a cela. Ela se esgueira pelo corredores escuros da prisão e, usando seus conhecimentos sobre o prédio, consegue chegar despercebida até a baia de carga, onde rouba uma pequena nave e se evade do planeta.

— Sinestro, você vai me pagar...

Os aposentos de Jean Grey sucumbem ante as chamas douradas que se alastram aos prédios seguintes. De repente, uma implosão faz o teto ceder e uma grande imagem de fogo surge na paisagem: uma grande ave de rapina, uma Fênix.

A Fênix de fogo sobrevoa Nova Oa, enquanto recrutas e Lanternas Verdes observam atônitos. Ela se aproxima dos conselheiros que ainda se digladiam na praça central e, com um bater de suas asas em chamas retira os Rebeldes do meio do perigo.

Mais a frente a entidade se depara com o confronto entre Kyle e Hal, um empate eterno. Ela paira sobre eles e Jean Grey emerge das chamas, estendendo sua mão para Kyle.

"Vamos, Kyle." — diz ela, em sua mente — "Este é o momento de recuar."

— Mas não podemos deixá-lo fazer isso! Ele quer dominar a galáxia!

"Seja sensato, você vai precisar de ajuda para cumprir essa missão."

Kyle olha para Jean e os colegas Lanternas do Conselho. Hal começa a disparar contra a Fênix, que se protege em suas chamas energéticas. Kyle pula para dentro do fogo e a entidade parte de Nova Oa, deixando para trás o Guardião do Universo irado.

— Lanternas! — grita ele, usando o ele de comunicação dos anéis — Vão atrás da Fênix!

Colu — Novo Setor Espacial 035

— Meus colegas! — começa Vril Dox, mirando a multidão logo abaixo — Aqui na capital tecnológica desta galáxia, onde a tecnocracia não mais impera, eu pretendo reunir seres de grande valor e reiniciar o projeto mais ambicioso e altruísta da galáxia! O Projeto Darkstars!

— Um ego maior do que uma estrela anã... — diz uma velha alienígena, enrolando seus tentáculos em tédio.

— Ele sempre foi metido a besta — diz outra anciã, sua pele amarela escamosa trincando em uma careta.

Vril desce do palanque e se reúne com alguns colegas, enquanto jovens se alinham nas filas para se alistar aos Darkstars. Ele olha um pequeno televisor de bolso, tentando se concentrar nas notícias.

...Na região de Durla a Armada Esmeralda conteve uma revolta separatista em Seraph, satélite de Kamino. Os novos guerreiros da Tropa dos Lanternas Verdes vêm contendo guerras e revoltas regionais em quase todas as regiões do Universo. Será que estamos caminhando para uma era de paz... ou uma ditadura universal...?

— Parece que estamos de volta em uma boa hora...

Lua — Terra — Novo Setor Espacial 001

— Interferir é algo perigoso... — diz Uatu, olhando melancolicamente para a Terra.

— Nós tentamos proteger um Universo inteiro e agora confiamos nosso poder a um indivíduo que tem muito potencial... para o bem ou para o mal — diz Ganthet, sentado ao lado do Vigia em sua fortaleza lunar.

— Creio que saberemos em breve...

— Você prevê algo?

— Eu vejo algo — diz Uatu, apontando para algo que cresce a sua esquerda no espaço, uma mancha de luz.

A Fênix se aproxima mais e mais do satélite natural da Terra e Ganthet consegue sentir o poder dos Lanternas Verdes imersos na energia dela. Ele se conecta ao poder de Kyle e, com um simples pensamento, se transporta junto ao jovem Lanterna para um subuniverso, longe do tempo e espaço.

— Onde estamos? — diz Kyle, surpreso em ver o antigo Guardião.

— Em um lugar onde não seremos incomodados. Kyle, você carregou a luz dos Lanternas Verdes em nosso momento mais sombrio, e agora, pelo que vejo em seu coração, você deve cumprir essa missão mais uma vez.

— Você vai me ajudar contra Hal? Você sabe como podemos salvá-lo?

— Eu vou ajudá-lo, mas o caminho a seguir você deve decidir.

Chamas esmeraldas irrompem ao redor de Kyle e Ganthet. O pequeno humanóide azulado se ergue no ar e seu corpo fica envolto em luz esmeralda. Toda a energia se concentra sobre eles, deixando o corpo do antigo Guardião e caindo sobre o corpo de Kyle, fundindo-se as suas células.

O corpo de Ganthet deita-se imóvel sobre a poeira lunar, deixando o subuniverso que os envolvia e Kyle experimenta o suave fervilhar da energia esmeralda em seu sangue. Ele olha para a Terra e leva segundos para formular uma ousada estratégia.


Na próxima edição: Guerra! A Terra se fortifica para a chegada da Tropa dos Lanternas Verdes e da Armada Esmeralda, e heróis e vilões devem se unir para impedir a tomada da galáxia!




 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.