hyperfan  
 

Liga da Justiça # 30

Por Robson Costa

Guerra Atlântida x Poseidônis — Parte IV
Guerra Declarada

:: Sobre o Autor

:: Edição Anterior
:: Próxima Edição
:: Voltar a Liga da Justiça
:: Outros Títulos

Torre Titã

Namorita entra no seu aposento na Torre Titã. Ela está cansada depois de ajudar a polícia a deter um grupo de traficantes que agia perto do porto. Ela movimenta os braços para aliviar um pouco a dor e acende o abajur. De repente, ela leva um susto ao ver que há mais alguém dentro do quarto.

— Precisamos conversar. — fala Batman.

Asa Noturna entra no quarto. Ele tinha visto a colega chegar, mas não teve tempo para prepará-la.

— Mas o que significa isso, Asa? — pergunta Nita Prentiss.

— Calma, Namorita. Batman está aqui apenas para fazer algumas perguntas.

— E sobre o que seria?

— Arjuna. — responde o cavaleiro das trevas.

Atlântida

— Vocês estão recebendo pílulas que os possibilitarão metabolizar o oxigênio da água do mar. — fala Namor para os seus aliados — O efeito é de uma hora. Com elas, vocês ficarão mais livres para agir. As embarcações de guerra que vocês comandarão já estão prontas para partir. Por este motivo, preparem-se e vão imediatamente.

Os vilões soltam gritos de comemoração pela guerra que está prestes a acontecer. Supermoça, cada vez mais, se enoja de estar com este grupo, mesmo que obrigada. Enquanto os vilões partem para as naves que irão chefiar, Namor aproxima-se de Linda Danvers.

— E você será a minha arma secreta. Ninguém sabe que você está do meu lado. Será um grande trunfo.

— Majestade! — Krang entra correndo — As tropas de Poseidônis já estão se preparando conforme relatórios dos nossos espiões.

— Muito bem, primo! Que as nossas tropas partam agora! Que Netuno nos abençoe com a glória da vitória.

Poseidônis

— As tropas de Attuma já chegaram e se uniram às nossas forças. — avisa Vulko — Assim como os comandados do Arraia Negra e do Mestre dos Oceanos.

— Muito bem, amigo. — fala Aquaman — Que as nossas tropas partam agora para o combate!

— Sim, senhor.

— Arthur, — fala Mera — tenha cuidado. Sinto que esta guerra não será apenas a disputa entre os dois reinos. Algo maior e pior pode acontecer.

— Mera, também receio pelo final desta guerra. Mas agora os dados já foram lançados. Ela é inevitável.

Aquaman a beija para consolá-la. Depois, os dois partem junto com as tropas.

Torre Titã

— Asa Noturna me contou que você recebeu e-mails vindos de Arjuna, que é a outra identidade do seu primo Namor. — fala Batman — Além do mais, desde o final do caso Arjuna, os Titãs não têm notícias de Tempest.

— Os e-mails que eu recebi de Arjuna foram enviados por mim mesma. — fala Namorita — Eu estava visitando Namor na Oracle Enterprises e, mexendo no seu computador, vi estes e-mails em atlante arcaico. Namor havia me incentivado a voltar a estudar atlante antigo. Ele falava que muito havia se perdido com a forma moderna da nossa língua. Eu decidi praticar e enviei os e-mails para cá. Garth estava me ajudando neste sentido. Quando voltei, eu imprimi o e-mail e mostrei para o Garth. Até ele teve dificuldade na tradução. Mas ele falou que estava de saída para Poseidônis e que na volta me ajudaria. Mas...

— Aconteceu o sumiço dele e o ataque dos peixes contra você. — continua Bruce Wayne.

— Exatamente. Depois veio o Mutano me acusando dos e-mails que eu tinha recebido do Arjuna. Eu não entendia, pois eram muitos mais do que eu havia encaminhado.

— Provavelmente Namor deve ter enviado estes outros e-mails após ter descoberto o envio do primeiro. — fala Batman.

— E, provavelmente, fez isso para encobrir o seu disfarce e o principal motivo: capturar Tempest. — raciocina Asa Noturna. (*)

— Então, ele lançou dúvidas sobre mim?! Mas...

— Nita, — fala Dick Grayson — o Namor que você conheceu não é este que está agindo agora. Este é capaz de tudo para conseguir o que quer.

— Você conhece algum local onde Namor pode estar mantendo Tempest preso? — pergunta Batman.

— Sim, acho que eu sei. — responde Namorita — Há uma prisão de segurança máxima bem afastada do reino. Ela se encontra desativada faz algum tempo, mas provavelmente deve ser o local onde Garth está.

— Você nos levaria até lá? — pergunta Asa Noturna.

— Mas é claro. — fala Namorita, enraivecida — Namor já brincou demais com as pessoas por causa deste sonho de uma Atlântida única.

— Muito bem. — fala Batman — Asa Noturna, prepare o mini-submarino. Nós três partiremos imediatamente após eu entrar em contato com a Liga.

— Certo, Batman. Venha, Namorita.

Enquanto os jovens heróis saem do quarto para cumprir as ordens de Batman, ele entra em contato com a base da Liga na lua:

— Batman falando!

Fala aí, morcegão! — responde Arqueiro Verde — Olha, não gostei muito de ficar de babá aqui no monitor.

— Discutiremos isto depois, Queen. Super-Homem está?

Fale, Batman. — responde o líder da Liga da Justiça.

— As minhas investigações estão dando bons frutos aqui. Estou partindo em uma missão com Namorita e Asa Noturna.

Certo. Então convocaremos outro membro para lhe substituir. Boa sorte em sua missão.

— Câmbio e desligo. — diz, secamente, Bruce Wayne.

Super-Homem vira-se para o Arqueiro Verde:

— Oliver, convoque Metamorfo imediatamente.

Oceano Atlântico

Os dois exércitos se encontram posicionados no campo de batalha. Comandando o exército atlante, está Krang, na maior embarcação de guerra. Ao seu lado, as outras embarcações comandadas pelos aliados de Namor: Fanático, Modok, Black Tom Cassidy e Mister Hyde. Namor observa a tudo do palácio real, tendo a Supermoça ao seu lado, como um trunfo especial.

Do lado poseidon, as tropas de Attuma soltam urros e gritos de provocação, acompanhados pelos soldados do Arraia Negra e do Mestre dos Oceanos. Aquaman e Mera estão em uma embarcação um pouco mais afastada, acompanhando a tudo.

Atlântida! — grita Krang — Atacar!

Poseidônis! — grita Aquaman — Avante!

Os dois exércitos partem para o combate. As embarcações de guerra de ambos os lados disparam mísseis e raios. Explosões ocorrem, jogando para o alto soldados dos dois exércitos. Attuma, com seu machado de guerra, vai dizimando vários atacantes. Hyde e Modok deliciam-se com a carnificina.

De repente, um míssil poseidon acerta uma nave de guerra atlante. Esta tomba e, no mesmo momento, dispara um míssil que avança para a superfície. Um transatlântico está passando pelo local. Sem tomar conhecimento da guerra declarada, o navio passa tranqüilamente quando o míssil atlante o acerta. O pânico toma conta do navio.

— Puta m... — é só o que Oliver Queen se permite dizer ao ver o ataque ao transatlântico. No mesmo instante, ele aciona o alarme e parte para a sala de reuniões da base da Liga.

Os heróis conversam animadamente, recepcionando o Metamorfo, quando escutam o alarme.

— A guerra começou! — avisa o Arqueiro Verde, chegando ofegante — Um transatlântico foi atingido!

— Vamos partir agora para acabar com esta guerra! — ordena Super-Homem — Oliver, convoque os membros que você precisar para fazer o resgate do transatlântico.

— OK, Super! — e Oliver Queen entra em contato com a hacker da Liga da Justiça, Oráculo.

No mesmo instante, os dois grupos partem para o local do confronto com a missão de deter cada um dos lados da guerra.

Proximidades de Atlântida

O submarino da LexCorp chega ao seu alvo: Atlântida. Capitão Átomo e Agente Americano escondem a embarcação perto de um recife de coral. O acesso ao palácio real será fácil.

— A guerra já começou. — fala Nathaniel Adams, o Capitão Átomo.

— É, e nem esperaram por nós. — fala John Walker, o Agente Americano.

— Pelo jeito, não há muitos soldados ou guardas para proteger a cidade.

— Então, Capitão, o que estamos esperando?

Agente Americano sai da cabine de controle e vai até o aposento onde está o último integrante do grupo.

— Muito bem, Tubarão-Tigre. Pode ir fazer o que lhe pagaram para fazer.

O vilão apenas sorri, mostrando os dentes serrilhados e sai do submarino, logo seguido pelos outros passageiros.


Na próxima edição: A guerra começou! O grupo de Batman parte ao resgate de Tempest e tem uma surpresa. O grupo do Capitão Átomo enfrenta Namor e Supermoça. A Liga da Justiça entra no confronto. E o Arqueiro Verde comanda o resgate das embarcações.


:: Notas do Autor

(*) Veja Titãs # 11 e # 12. voltar ao texto




 
[ topo ]
 
Todos os nomes, conceitos e personagens são © e ® de seus proprietários. Todo o resto é propriedade hyperfan.